Opinião

Lamentável que tantos organizadores, apresentadores, comentadores, tudo tão inteligente, tão in e prá’frentex, tenham olimpicamente ignorado o colonialismo e os crimes israelitas, mesmo nas barbas dos assassinatos que, na fúria do momento, estão despudoradamente a cometer sobre as martirizadas populações aprisionadas na faixa de Gaza. O pacóvio deslumbramento de quem pensa que também é gente só porque, lá de longe em longe, os donos disto tudo lhe dão um ossinho a roer, para que eles possam continuar a abancar-se com o porco do dinheiro e do poder, também ajudou bem a esta cegueira indesculpável.

É necessário, investir mais na melhoria dos serviços públicos e na promoção de uma cultura politica virada para a cidadania.  Exigir a manutenção do sector da água no Estado. Criar condições para o envolvimento e auscultação das populações, técnicos e empresários no processo de revisão do PDM que se avizinha. Lutarmos, pela  descentralização administrativa de competências para as autarquias que não ponham em causa as obrigações sociais do Estado  e um tratamento igual para todos os cidadãos, independente do município onde vivam e pela criação de novos mecanismos para que as assembleias municipais sejam capazes de poder cumprir a sua função fiscalizadora da actividade municipal. E retomar o processo de discussão da reorganização das freguesias, consultando as populações, através do referendo local.

assembleia municipal

Na mais recente sessão da Assembleia Municipal de Faro, realizada a 19 de fevereiro, o Bloco de Esquerda apresentou 3 moções, tendo todas vindo a ser aprovadas. As iniciativas municipais apresentadas pelo Bloco podem ser consultadas aquiaqui e aqui.

CCC Faro

A Assembleia Concelhia do Bloco de Esquerda de Faro reuniu no passado dia 2 e decidiu preparar um conjunto de iniciativas de âmbito local, bem como participar em outras de nível regional.

A respeito do prolongar do encerramento das Piscinas Municipais e do Pavilhão Municipal Afonso III, a Comissão Coordenadora Concelhia e os autarcas eleitos do Bloco de Esquerda de Faro vêm publicamente manifestar o seu protesto.

As piscinas municipais, que habitualmente encerram no mês de agosto para limpeza e manutenção, tiveram este ano prolongado o período de encerramento, para se proceder à reparação da cobertura, por motivo de problemas graves de infiltrações que punham em risco a segurança dos utentes. 

Confrontados com a notícia de que o Secretário de Estado do Orçamento emitiu um parecer negativo ao plano aprovado na Assembleia Municipal para executar um conjunto de intervenções urgentes no concelho, a Comissão Coordenadora Concelhia e os autarcas eleitos do Bloco de Esquerda de Faro exigem que o referido veto seja levantado e o plano de intervenção chegue ao terreno.

CCC Faro

Apesar de o referido circo ter já terminado, e em harmonia com outros organismos municipais assim como outras forças políticas, associações e munícipes, demonstramos o nosso enorme desagrado pela fixação de um circo com animais neste município, tendo consciência da exploração e tortura de várias espécies de animais, algumas em vias de extinção, exploradas em condições intoleráveis desde que nascem até que deixam de servir o propósito comercial de que são objeto: o entretenimento da espécie humana e consequente enriquecimento de quem maltrata e inflige dor e trauma a estas espécies.

CCC Faro

Para o Bloco de Esquerda é cara a segurança das/dos cidadãs/ãos. Consideramos ser esta uma das condições primeiras para se viver em liberdade e em democracia. 

CCC Faro

Apresentou uma lista candidata ao ato eleitoral para a Comissão Coordenadora Concelhia de Faro – mandato 2016/2018 - cuja composição e programa junto se anexa. A esta lista foi atribuído o nome de Lista A.

assembleia municipal - moção

O Bloco de Esquerda de Faro apresenta moção solicitando que as reuniões públicas da Assembleia Municipal de da Câmara Municipal sejam transmitidas em direto no sitio web da Autarquia.

assembleia municipal - moção

Confrontado com a tragédia que todos os dias acontece à nossa porta, deve o concelho de Faro também acolher alguns dos refugiados que jogam a sua vida na travessia do mar que une a Europa à Ásia e a África. A moção apresentada pode ser consulta nesta hiperligação.