Share |

Comunicado: É necessário proteger os que não têm voz

O Bloco de Esquerda de Faro vem, por este meio, denunciar a recente instalação, na cidade, de um circo com animais. O Bloco de Esquerda de Faro reforça o seu repúdio pela exploração e tortura animal para fins de entretenimento da espécie humana, como já havia sido evidenciado pela campanha de 2012 "Circo Natural é sem animal".
Apesar de o referido circo ter já terminado, e em harmonia com outros organismos municipais assim como outras forças políticas, associações e munícipes, demonstramos o nosso enorme desagrado pela fixação de um circo com animais neste município, tendo consciência da exploração e tortura de várias espécies de animais, algumas em vias de extinção, exploradas em condições intoleráveis desde que nascem até que deixam de servir o propósito comercial de que são objeto: o entretenimento da espécie humana e consequente enriquecimento de quem maltrata e inflige dor e trauma a estas espécies.
O facto de um circo utilizar terrenos privados em vez de públicos não atenua nem elimina os maus tratos a que os animais são sujeitos.
É necessário proteger os que não têm voz.
É necessário um município livre de espectáculos com animais.
Faro 14 de Junho de 2016
A Comissão Coordenadora Concelhia de Faro do Bloco de Esquerda